terça-feira, 30 de novembro de 2010

Mulher no volante, perigo constante !?

O mundo é mesmo incompreensível!?
Geneticistas já conseguiram desvendar a sequência completa do DNA humano,
clonar ovelhas já virou carne de vaca, e mesmo assim, nenhum cientista
conseguiu explicar até hoje
qual é o poder que uma mulher no volante exerce sobre o psiquismo masculino!

Mesmo as estatísticas provando por
XY + XX que as mulheres causam muito menos
acidentes no
trânsito do que os homens, ninguém se convence. E sempre
tem um engraçadinho machista que comenta:


- "Também pudera. Você usa o carro para levar as crianças na escola e
ir até a padaria. Que acidente você poderia causar? Atropelar um
pãozinho francês?"

Ninguém admite que dirigir bem ou mal independe de sexo. Existem os
homens e as mulheres que dirigem bem, os homens e as mulheres que
dirigem mal e uma amiga minha, que sempre que pode, atropela um
motoboy. Mas longe de mim reclamar. Cá entre nós - e sem querer fazer
trocadilho

- "...ser mulher é uma mão na roda."

Principalmente quando a gente manobra o carro.
Você entra no carro, liga o motor e como num passe de mágica, o
motorista do carro da frente
aparece e tira o dele antes que você engate a primeira. Se o cara
estiver demorando, basta girar a
direção e,
ao mesmo tempo, ligar o limpador de pára-brisa. Aí é bem capaz que os
próprios carros se dirijam e saiam
sozinhos para uma distância segura de uns 2
quilômetros! FANTÁSTICO ISSO!

Mas também tem o lado ruim. Se uma mulher bater no carro de um homem
que saiu da pista da esquerda e virou á direita sem dar seta, a culpa
é da mulher.
Se o esclerosado de um motorista de ônibus atravessar o sinal vermelho
e arrastar o carro de uma mulher até o próximo ponto, a culpa é da
mulher.
E se duas mulheres baterem, a culpa é das duas!

O pior mesmo é quando seu carro quebra. O motor pode estar caído no
chão, o carro em chamas, as quatro rodas espalhadas pela avenida,
que mesmo assim, sempre tem um homem que pergunta "tem gasolina?"
Não entendo porque nossos problemas se resumem a gasolina.

- "Não, não tem gasolina. Eu uso sabão em pó".

Em postos de gasolina, então, é covardia.

- "Madama, precisa trocar o óleo"? - O conselho preferido de todos os
frentistas. Mesmo que seu carro seja zerinho.
Mesmo que você só tenha ido ao posto para encher o pneu da sua bicicleta.

E depois de tudo isso, ainda ouvimos:

- "...vai lavar roupa, dona Maria".

Vou sim e duvido que você saiba pilotar a minha máquina de lavar. Duvido.

Por: Francine Mel

5 COMENTÁRIOS:

Anônimo disse...

HAHAHAHA. ADOREEI!
A Fran sempre arrasa quando o tema é mulheres e humor. Outro texto com um toque humoristico feminino que conseguiu animar a minha noite. Parabéns Fran1 :^D

Leh da Matta

Sa Fornarolli disse...

O mundo tá mudando. Homens agora são os submissos e no transito, não ia ser diferente. Veja por mim, aonde eu quiser ir, tem um homem pra me levar ahuahuahuauhauhauhauhauhauha. Ainda não me arrisco no volante, mas já cheguei em 2º numa corrida de kart com mais 7 homens. E AI? HAHAH bjo Fran, ótimo texto!

Ritinha disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ritinha disse...

\o/
Amo Ser Mulher!

Planeta Humor disse...

hehehe nao sao todos que sao perigos mais quase todas kk
a bia nao e

http://planetahuumor.blogspot.com/